A Magia de Cura de um Santo é uma versão degradada da Minha – Capítulo 15

Não pude terminar ontem, aqui está!
Pessoal vocês tem certeza que não querem Kara no Kyoukai? xD


 

Capítulo 15 – Essa pessoa é o Rei!

…. Eu estou na capital.
Na minha esquerda está um bastado de armadura, na minha direita está um bastardo de armadura, e atrás de mim está outro bastardo de armadura.

“Tão irritante!”
“Um… desculpe mas por favor seja paciente. Já que é uma ordem do Rei…”

Um dos bastardos de armadura abaixa a cabeça se desculpando quando me escuta gritar.

“Falando nisso, por que eu fui chamado?”
“Não, o rei nos disse para encontrar usuários de magia de cura excepcionais e seu nome foi mencionado quando perguntamos na cidade.”

Então a culpa é das pessoas da cidade!!

“Mesmo a recepcionista da guilda tinha muitas expectativas de você.”

Asha-saannnn!!?
Meus ombros caem depois de ser traído por alguém inesperado.

“E então nós trouxemos você aqui. Desculpe por ser tão repentino…”
“N-não.. es-está tudo bem…”
“É mesmo! Então… tem algo que o rei quer falar então vamos a frente agora.”
“Espeeere um momeeeeento!!!!”

Eu acabei de ouvir ele falar rei!?

“Whoa! Qu-qual o problema?”
“Não pergunte qual o problema!!! Por que nós estamos indo para o rei agora!? Eu não estou preparado!?”

O bastardo de armadura disse de forma extremamente natural mas para um camponês como eu para de repente encontrar com o rei é muito intenso!

“Se você tem esse vigor então está ótimo.”

O bastardo de armadura sorri (assim parece).

“Não, como isso está ótimo!? Por favor me explique! Hey!?”

Meu protesto foi em vão e no fim nós chegamos a uma porta grande.
O rei está definitivamente ali dentro… Porque essas pessoas com olhar assustador estão alinhadas na porta!!

⌊Por favor entre⌉

A voz ressoou de dentro das portas e as pessoas ao redor reagiram abrindo a grande porta.

Dentro estava vários caras de aparência comum como eu e mais a dentro eu avistei o… essa pessoa é o rei! Eu podia facilmente ver isso.
Parece que eu não fui o único convocado, e todos na sala estão aqui pelo mesmo motivo.

“Aquele que chamou vocês aqui fui eu. Me desculpe por não dar nenhum aviso mas isso é uma corrida contra o tempo então…”

O rei explica para nós.

De forma simples, era alguma coisa dentro dessas linhas [sua esposa e filha contraíram uma misteriosa doença então ele encontrou pessoas que pudessem cura-las].
Nesse ponto, eu de repente perguntei a pergunta que eu estava pensando.

“Um… Vossa Majestade. Eu entendo porque fomos chamados aqui mas não teria alguém como o Santo uma chance maior de cura-las?”

Geralmente, o Santo é alguém considerado o mais excepcional em termos de magias de cura. Ainda assim, o Santo está longe de ser visto.
O rei fez uma careta, e eu me perguntei se minha pergunta tinha sido rude.

“Na verdade… a Santa é minha filha.”
“””Perdão?”””

Incluindo eu, todos no grupo estavam pasmos com essa súbita bomba.

“Eh, mas você não disse que sua filha pegou uma doença estranha….?”
“Isso mesmo. Para ser honesto, quem contraiu a doença foi minha mulher e minha filha tentou cura-la mas ela acabou sendo infectada em vez disso.”

Todos congelaram com essas palavras. Em outras palavras, essa era uma doença que mesmo o top healer falhou em curar.
Não é como se algum healer um pouco excepcional iria curar essa doença.

“Eu sei que eu estou pedindo algo irracional… Então, eu não ligo se você desistir se você acha que é impossível…”

Ninguém podia se mover quando eles ouviram as primeiras palavras do rei mas depois que a primeira saiu, todos continuaram a sair um depois do outro.
Se fosse eu, eu talvez seja capaz de cura-las… Exceto que eu não tenho prova, e não tenho impeto para tentar.
Quando eu notei, não tinha ninguém na sala fora o Rei e eu. Mesmo os guardas leram a atmosfera estranha e saíram da sala.
Eu perguntei ao rei uma ultima pergunta.

“Sua Majestade, se tivesse conseguisse curar essas duas… o que você faria?”

O rei provavelmente pensou que todos tinham deixado a sala, ele mostrou sinais de surpresa quando me notou.

“Ah, certo. Se tivesse alguém com habilidades maravilhosas que ele pudesse curar o que minha filha não pode, então eu casaria minha filha com ele. Claro, eu iria respeitar seus próprios sentimentos…”
“E-então é isso…”

Por um momento, eu quase disse “Eu vou fazer!!” mas eu não acho que eu seria um bom par para tal beleza divina como a Santa.
Nesse caso, deixar minha magia de cura ser conhecida só seria desvantajoso para mim.

“Como esperado, eu não acho que posso fazer isso. Eu vou sair agora.”

Eu me sinto mal pelo rei mas eu ainda valorizo minha posição. Eu não sou bom o suficiente para me por em risco por um estranho.
Certo, quem vai fazer isso não sou eu.
Se tem alguém que pode fazer isso, esse seria…

O [Jet-Black Saviour]-sama.

Anúncios

3 comentários sobre “A Magia de Cura de um Santo é uma versão degradada da Minha – Capítulo 15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s